<$BlogRSDURL$>

segunda-feira, agosto 06, 2007

Nem tão Rápidas & Nem tão Rasteiras 

Diego Corneta

Pan, terceira divisão
As olimpíadas e os mundiais de cada esporte são a primeira divisão, o Pan Europeu é a segunda divisão, já que os americanos, asiáticos e tops cubanos não participam. O nosso famigerado Pan é a terceira divisão, ou quarta. São pouquíssimos os esportes que contam com os atletas top. Tomemos por exemplo o basquete. No feminino perdemos para as americanas sub-20, com muitas jogadoras adolescentes. No masculino, Argentina, EUA, Canadá e Porto Rico mandaram sus times “B” ou “C”. Somente por conta disso, nós somos tricampeões pan-americanos, porém não participamos das duas últimas olimpíadas e pegamos em penúltimo no último mundial. As famosas 6 medalhas de ouro conquistadas por Tiago Pereira não valeriam nem bronze no último mundial e nem na última olimpíada. Seus tempos estão ainda abaixo dos tops, vai precisar melhorar para pegar um bronze em Pequim. Outras: o as medalhas de ouro no salto com vara e na corrida de 1500 m das mulheres foram conquistadas com marcas abaixo do mínimo necessário para competir nos próximos jogos de Pequim. E o pior de tudo foi ter ouvir narradores com seus urros gabando-se de encostar em Cuba no quadro geral de medalhas. Lembrem-se que Cuba é uma ilhota com uma população menor que a Zona Leste de São Paulo, e uma economia tão forte quanto a de Alagoas.

Euforia por muito pouco
No Pan de Winnipeg (1999), ganhamos 21 de ouro, nas olimpíadas de Sidney (2000) ganhamos ZERO de ouro. No Pan de Santo Domingo (2003) ganhamos 29 de ouro, nas olimpíadas de Atenas (2004) ganhamos quatro de ouro. Nesse Pan do Rio, ganhamos 54 de ouro, em Pequim (ano que vem) ganharemos... Nosso investimento em esporte é ridículo. Nossos políticos e dirigentes só investem em suas carreiras e seus bolsos.

Pela culatra
O mau uso - ou uso político - dos 300.000 ingressos dados pela organização dos Jogos Pan Americanos aos governos municipal, estadual e federal não foi a única causa dos vazios vistos nas arquibancadas. A farta distribuição promovida pela organização dos jogos incluiu o bloqueio de 30% dos ingressos pelos patrocinadores. Para se ter uma idéia, dos 160.000 ingressos para todas as provas de atletismo, 58.000 ficaram na mão das empresas. Teve convidado VIP que ganhou até 10 ingressos para a mesma prova. Outro mico foi o Pan Club, espaço “SuperVip”, com entradas de até 500 reais. Mesmo nas disputadas provas de vôlei, por exemplo, a área ficou quase às moscas.

Ajuste de contas
Os Jogos Pan Americanos terminam, mas a disposição de alguns parlamentares de passar a limpo as contas do evento ainda vai longe. Na Câmara dos Deputados, Marcelo Itagiba precisa reunir ainda cerca de 50 assinaturas para atingir as 171 necessárias para formalizar um pedido de CPI, mas está otimista. "Passado o oba-oba, os deputados estarão mais atentos aos custos e às perguntas sobre o famoso legado dos jogos", diz Itagiba. Na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, o PSOL até criou uma CPI. Mas Cesar Maia conseguiu o controle da maioria da comissão, que acabou adiando o começo de seus trabalhos para a segunda quinzena de agosto. Na Assembléia Legislativa, o assunto passou em branco.

Uma alegria no Iraque
O Iraque, que foi treinado pelo brasileiro Jorvan Vieira, ao vencer a Arábia Saudita (1X0), na Indonésia, foi campeão da Copa da Ásia. Garantiu lugar na próxima Copa das Confederações que também terá a Seleção Brasileira. Segundo o treinador, xiitas não falavam com curdos, que por sua vez não passavam a bola para sunitas, e assim por diante. Imaginem o tamanho do pepino! O cara conseguiu montar um time e foi campeão, é um feito histórico em um país dilacerado por uma invasão ilegítima e guerras civis irracionais.

“O Brasil sempre esteve um degrau acima"
A frase acima é de Maradona, que apesar da loucura, sempre foi um dos jogadores mais inteligentes e lúcidos de sua geração. Em entrevista para uma tevê argentina, o craque ainda completou: "o Brasil, com a equipe B, nos arrasou, nos deixou sem pernas. Nesta Copa América, estávamos jogando muito bem, mas, na final, não tivemos respostas para domar o Brasil”. O maior jogador da história do futebol argentino fez mais elogios à nossa seleção. "O Brasil sempre esteve um degrau acima de nós. Sempre tivemos que lutar contra eles para chegar ao pódio. Ganhar deles é algo que nos enche o peito de orgulho." Maradona, sábio.

Sujeira embaixo do tapete
Sem dinheiro para pagar a empresa que limpa o Parque São Jorge, o Corinthians decidiu reduzir o número de funcionários enviados para o serviço.

Presente de grego
Licenciado da presidência do Corinthians, Alberto Dualib deixou um novo imbróglio de US$ 1,5 milhão para o clube resolver. Os corintianos não conseguem receber esse valor, referente à venda de Marcelo Mattos, jogador da MSI, ao Panathinaikos. Para concluir a operação de câmbio e pegar o dinheiro, precisam de documentos simples, como o contrato de venda, assinado por Dualib em Londres, diante da MSI. Ele diz não saber onde está o papel. E pediu à FPF e à CBF que não liberem a transferência do atleta ao clube grego. Um cartola que tentou ajudar no impasse desconfia que Dualib deu os documentos à MSI e concordou em deixá-la praticamente com todo o dinheiro, como prevê o contrato de parceria, não mais respeitado.

Liberou geral
Bom, de acordo com o STJD, agora pode tudo. Liberaram o doping! Dodô foi pego no exame e na contraprova por femproporex. Foi julgado e condenado a 120 dias de gancho. Pela mesma substância, um ex-campeão da tradicional Volta da França de Ciclismo pegou dois anos. Dodô foi condenado, recorreu e foi absolvido! “Ah, ele não sabia...” é um precedente perigosíssimo. Agora basta se dopar e depois, se for pego, alega que não sabia: “Ah, me deram um comprimido e eu tomei, não sabia..” Dodô foi absolvido por cinco votos contra três. Dos cinco votantes, dois eram diretores do Botafogo e outro é botafoguense declarado. Viva a justiça brasileira!

Brasileiro
Hoje eu não vou falar do campeonato que está chato, feio e sem um time decente.

1 Comentários:

Para desespero dos demais, o TRIcolor começa a mostrar um futebol decente. As três vitórias de virada mostraram um time com uma confiança crescente e um padrão tático forte.

A excelente exibição contra o Grêmio, "em jogo de 6 pontos", mostrou que o "grupo está focado" e que Muricy é um excelente treinador, convencendo até uns TRIcolores mais discrentes.

Se ganharmos do Botafogo nessa quarta, um abraço a todos. É PENTA !!!

By Anonymous Araça Berrante, at segunda-feira, 06 agosto, 2007  

Post a Comment

1 Cornetadas

This page is powered by Blogger. Isn't yours?