<$BlogRSDURL$>

segunda-feira, dezembro 18, 2006

O Maior Campeão do Mundo 

Diego Corneta

Quase ninguém acreditava. Tirando os torcedores do Inter, duvido alguém que apostasse no título do Colorado. E o Inter foi lá e ganhou do todo-poderoso Barcelona, com Ronaldinho e tudo. Ontem na TV eu vi alguns comentaristas “entendidos” dizendo mais ou menos assim: “ah, o Barcelona não é tudo isso”, “eles têm o Ronaldinho e mais ninguém”... Balela. O Barcelona é “tudo isso” sim. Tudo isso e mais um pouco. Fato que só engrandece e glorifica o título do Inter.

O Barcelona não jogou mal, pelo contrário, fez um ótimo primeiro tempo e criou muitas chances de gol. Mas o Inter jogou mais, marcou muito e fez seu gol no momento certo. Estão falando que o Barça entrou de “salto alto”. Não concordo, foi o Inter que jogou muito mesmo. Fabiano Eller e Índio foram praticamente perfeitos. Clemer, irregular e contestado, foi decisivo em pelo menos três momentos. E, como acontece com muitos campeões, a sorte também esteve ao lado do Inter. Aquela falta cobrada por Ronaldinho passou ao raspando a trave, Clemer apenas observou.

Ronaldinho tentou, tentou, tentou...

No primeiro tempo, o Inter entrou para se defender e deu certo. Pouco chegou ao gol de Valdéz, mas também não sofreu nenhum revés. No segundo tempo, com o Barcelona mais cansado e menos inspirado, o Inter começou a organizar seus contra-ataques. Num deles, matou o jogo. Jogaram como um time, muito organizados e muito cientes dos seus objetivos. Armaram uma retranca para matar o jogo num contra-golpe. Deu tudo certo. Afinal, se não fosse assim, dificilmente bateriam o Barcelona. Ou vocês acham que se eles entrassem num jogo franco e aberto ganhariam o título?

Adriano mal acredita no que acaba de fazer, o gol do título

Curioso é que as apostas do Inter não foram tão bem assim. O jovem Pato, recém saído do ovo, teve poucas chances. Fernandão preocupou-se mais em marcar e isso comprometeu seu desempenho. Já Iarley, que vinha jogando muito bem na reta final do brasileirão, foi o melhor em campo. E o gol do título coube a um jogador que a torcida pegava no pé e vaiava. Doce ironia. O bom Adriano participou do início da jogada, com o cabeceio para Luiz Adriano, e fechou-a com um toque certeiro na saída do goleiro. Parabéns ao Internacional, o maior campeão mundial brasileiro. Nunca, em outras decisões, a superioridade do adversário era tão evidente.


Gol do título

3 Comentários:

Acordei bem na hora do gol do Inter. Infelizmente nao conseguir ver o jogo inteiro.

Mas todos os comentários que eu escutei foram parecidos: O Inter marcou mto e o Barça não conseguiu jogar.

Parabéns ao Inter. O planeta é dos Macacos.

By Anonymous Anselmo Trompete, at segunda-feira, 18 dezembro, 2006  

O Inter mereceu ganhar. Marcou muito bem e soube atacar na hora certa. Tem um excelente elenco.

Ronaldinho foi anulado (quem diria...) pelo Ceará.

Deco teve liberdade, mas não acertou o alvo.

Aquele islandês devia mudar o nome dele pra Badjohnsen. O cara é grosso demais.

Parabéns ao Inter e ao Gabiru.

By Anonymous mauricio tuba, at segunda-feira, 18 dezembro, 2006  

http://adagedance.com/graphics/favourites/pet-supplies
Cool stuff

By Anonymous Anônimo, at quarta-feira, 20 dezembro, 2006  

Post a Comment

3 Cornetadas

This page is powered by Blogger. Isn't yours?