<$BlogRSDURL$>

segunda-feira, junho 05, 2006

O Cara 

Diego Corneta

Ele é jovem, joga em uma grande equipe européia e chega na Copa muito valorizado. Engana-se quem pensa em Ronaldinho. Nos dois amistosos da seleção – contra Lucerna e Nova Zelândia – o cara foi o Kaká.

O time ainda não está rendendo o que deveria. A defesa vacila; Lúcio dá constantes sustos; quando o Dida tem que sair com os pés é adrenalina pura; e há momentos em que os dois laterais sobem ao mesmo tempo. O meio-de-campo hesita; com Ronaldinho e Kaká no time, não dá para deixar Emerson e Zé Roberto armando o jogo. O Zé Roberto é melhorzinho, mas o Emerson erra muitos passes e raramente acerta um lançamento.

Ronaldinho, sempre muito marcado, parece que ainda não encontrou seu lugar na equipe. Nos coletivos que eu assisti, ele foi o melhor em campo; dos seus pés saíram as melhores jogadas e a maioria dos passes para gol. Nos dois amistosos, porém, ele errou muito. Ontem, ele até que acertou bons passes e, pelo menos, uns quatro ótimos lançamentos. Mas é pouco pelo que se espera dele. Ele pode e deve render mais. Espero que seu jogo apareça na Copa.

O Ronaldo, sem meias palavras, é foda. Mesmo não estando em totais condições físicas e visivelmente acima do peso, ele não pode ficar de fora. É nosso melhor e mais perigoso atacante. Fez um gol, mandou uma na trave e perdeu uma chance clara num cabeceio por cima. Adriano não vinha em boa fase, mas está procurando seu lugar na equipe com muita luta e dedicação. É recompensado com gols.

Kaká, Adriano e Ronaldinho comemoram um dos gols

Agora, ficou claro. Kaká é o cara. Rápido, forte, técnico e inteligente, o meia cria as melhores chances do nosso ataque. Muito participativo e com um fôlego de sete gatos, ele parece estar em vários lugares ao mesmo tempo. Dá passes, marca e ainda faz seus gols. Se Ronaldinho ainda não "acordou", cabe a Kaká desempenhar o papel de maestro e cérebro do time. E ele dá conta do recado. Se Kaká e Ronaldinho estiverem ambos bem em campo – sai de baixo! – ninguém vai segurar o time brasileiro. Ninguém mesmo.

Irmãos siameses
Corinthians e Palmeiras disputam rodada a rodada, derrota a derrota o "título" de pior dos grandes. Os dois estão na zona de rebaixamento e não vejo perspectiva para nenhum deles. Ao Palmeiras falta tudo: vontade, elenco, confiança e técnico. Ao Corinthians falta quase tudo, temos dois bons jogadores (Nilmar e Marcelo Mattos) e mais um amontoado de medíocres (Wendell, Betão, Xavier, Coelho...) e encostados (Roger, Gustavo Nery...).

5 Comentários:

É normal o Brasil não render o que esperamos em amistosos. O própio Parreira disse que não quer o Brasil 100% antes da Copa. Segundo ele, o Brasil deve atingir o ápice durante o Mundial quando o bicho começar a pegar. E eu acho que ele tá certo.

Pergunta: Será que o Geninho vai dormir toda noite tranquilo sabendo que ganha R$500 mil e o time que ele dirige é o terceiro PIOR do Campeonato Brasileiro?

By Anonymous Anselmo Trompete, at segunda-feira, 05 junho, 2006  

Certamente, o Geninho dorme mais tranquilo que eu...

By Anonymous diego corneta, at segunda-feira, 05 junho, 2006  

Ô lôco, Diego! O que vc anda fazendo pra ter a consciência tão pesada assim?

By Anonymous Anselmo Trompete, at terça-feira, 06 junho, 2006  

Muito bom seu blog!! Bora trocar links? O meu é futebolanalise.zip.net T+

By Anonymous Pablo, at terça-feira, 06 junho, 2006  

Pablo, valeu pelo elogio.
Vou acrescentar seu link ao lado.

By Anonymous diego corneta, at terça-feira, 06 junho, 2006  

Post a Comment

5 Cornetadas

This page is powered by Blogger. Isn't yours?